Formação docente no Brasil: Cenários e desafios

Lourival Martins, Alba Battisti

Resumen


O artigo é resultado de uma pesquisa sobre a formação docente considerando produções teóricas e políticas voltadas para a formação, mais especificamente o PIBID – Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência.  As questões orientadoras são: quais os principais desafios e perspectivas para a docência segundo as produções teóricas em evidência? Como os bolsistas de ID (Iniciação a Docência) percebem as influências do PIBID na sua formação? Quais as relações entre as premissas teóricas e a efetiva contribuição do PIBID na formação dos licenciandos? Trata de um estudo bibliográfico conjugado com análise documental. A partir de uma abordagem qualitativa, os dados foram discutidos considerando princípios da análise de conteúdo. Dentre as tendências identificadas nas produções teóricas destacam-se: a concepção de docência como uma profissão altamente complexa na qual os professores lidam com interações humanas e situações diversas e adversas nas quais precisam mobilizar saberes, dentre eles os relacionados à própria experiência; o princípio do “protagonismo docente”, no qual os professores são vistos como sujeitos, autores e mentores da construção de sua identidade profissional forjada ao longo do processo de formação inicial e no exercício da profissão; a relação universidade e instituições escolares numa perspectiva de integração de propostas e projetos de formação. Em vários aspectos há certa consonância entre as produções sobre a formação docente e as vivências dos Bolsistas de ID sobre o Programa, como foi possível identificar nos relatos: propicia uma maior articulação teoria e prática; promove um reconhecimento mais aprofundado do contexto escolar e, em especial, da sala de aula; viabiliza a construção de saberes específicos para a prática docente, com crescente autonomia e protagonismo.

Texto completo:

PDF

Enlaces de Referencia

  • Por el momento, no existen enlaces de referencia